sábado, 31 de agosto de 2013

Eu

             O que esperar de mim, não sei o que realmente sou, não sei de que tribo pertenço, ainda não me encontrei neste mundo devastado, ainda não encontrei o meu deus, ainda não vivi um grande amor, não sei o que acontece comigo, não sei por que escrevo isso, mas enquanto escrevo o tempo passa...
             Ainda assim continua da mesma maneira e eu aqui depois de todo esse tempo, nada mudou e o tempo perdido se foi. Ainda será assim e quanto tempo isso irá durar, minha família me tornou assim, me sinto um monstro, que pena que não consigo machucar ninguém, prefiro me ferir a machucar alguém...
             O que será de mim daqui a dez anos, irei me tornar um escritor famoso, já que isso é a única coisa que me sobra, aprendi que não devemos desistir de nossos sonhos, mas será que estes sonhos são realmente meus, tudo o que eu faço de alguma forma foi influenciado por algo ou por alguém nada que eu faço é algo que realmente eu quero fazer, nem me lembro de ter começado a escrever isto, já que ninguém lê não me preocupa em ter erros de gramática...
            Algum dia...

            Por enquanto eu vivo, querendo acreditar mais em mim, aprendendo a ter mais confiança e me perguntando onde está deus...

            Isto aqui não é para ser nada religioso, afinal eu não acredito em nada, talvez o meu desejo de acreditar em algo puro verdadeiro e que ninguém precisasse matar e nem morrer...

            Esse é o mundo, dizem que temos que respeitar a ideia dos outros, mas não devemos respeitar as nossas, não somos donos da nossa opinião ela vem fabricada...

            Por mais que eu escreva isto aqui, a opinião de ninguém irá mudar, talvez alguém e esse sou eu encontre um conforto de saber que nada muda da noite para o dia, a não ser ficar claro e talvez com claridade possamos enxergar algo...

            E...

          Não vou colocar nenhuma frase de escritor famoso ou de nenhuma outra pessoa que escreva, afinal esse mês não consigo ler os livros que planejei...

           Desse modo vou lançar uma Meta aqui, ler os quatro primeiros livros do Dexter e mais dois livros em Setembro, de que adianta ler tanto, também preciso tirar um tempo para refletir, quem sabe este tenha sido o mês de agosto, que é o mês do cachorro louco...

              Agora encerrou este post e até a próxima...